inscrição online

História de Arte Contemporânea

Professora Doutora Isabel Nogueira
(4ª Feira, das 18h30 às 20h30)

 

Objectivos

- A identificação e compreensão dos movimentos artísticos mais relevantes, entre o final do século XIX e o final do século XX, mediante uma perspectiva histórica, estética, analítica e crítica.

- O desenvolvimento da capacidade de observação, entendimento e fruição da obra de arte no complexo universo da contemporaneidade.

- O incremento da capacidade de reflectir sobre a obra de arte, do ponto de vista teórico e conceptual, inserindo-a num universo mais vasto de criação e recepção artísticas.

- A identificação e compreensão de alguns percursos artísticos singulares e relevantes no momento actual.

 

Conteúdos programáticos

 

  1. Os conceitos de moderno, contemporâneo, modernismo e vanguarda.

  2. O impressionismo e a crise da representação.

  3. A independência da pintura face ao objecto representado: pós-impressionismo e simbolismo

  4. As vanguardas do início do século XX: fauvismo, expressionismo e os movimentos Die Brücke e Der Blaue Reiter, cubismo, futurismo, vanguarda russa e os movimentos do suprematismo e construtivismo.

  5. Abstraccionismo lírico e abstraccionismo geométrico.

  6. Dada: arte como antiarte.

  7. Surrealismo: a manipulação das imagens.

  8. Expressionismo abstracto.

  9. Neovanguarda ou vanguarda tardia: arte objectual (nouveau réalisme e Pop art);
    supressão do objecto/arte enquanto ideia, “campo expandido” e arte enquanto acção (arte minimal, arte conceptual, land art, arte povera, performatividade, “Fluxus”, body art).

  10. A exposição Alternativa Zero: Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea (1977): entre a neovanguarda e o pós-modernismo.

  11. O “fim da arte” e o movimento pós-moderno na arquitectura e na pintura.

  12. Alguns dos desenvolvimentos mais significativos da arte na actualidade

 

Destinatários

Público, de um modo geral, interessado nas artes visuais e na sua relação com a sociedade, a cultura e a história, e que pretenda tanto solidificar conhecimentos como contactar com algumas questões pela primeira vez.

 

Preços:

70€ de matrícula e 4 propinas de 100€ cada uma

 

NOTA: Programas de descontos não são acumuláveis 1/4

 

Bibliografia

Livro que acompanha as sessões:

 

NOGUEIRA, Isabel, Teoria da arte no século XX: modernismo, vanguarda, neovanguarda, pós-

modernismo. 2. ª ed. Coimbra: Imprensa da Universidade, 2014.

 

[Nota: entre outras livrarias, o livro encontra-se à venda na livraria virtual da editora

http://livrariadaimprensa.uc.pt/].

 

Bibliografia complementar:

AA. VV, Movimentos de arte contemporânea [colecção]. Lisboa, Editorial Presença, 2000-2002.

ALBROW, Martin, The global age: state and society beyond modernity. Cambridge: Polity Press, 1996.

APOLLINAIRE, Guillaume, Os pintores cubistas. Lisboa: Alexandria, 2003.

APPIGNANESI, Richard; GARRATT, Chis, Pós-modernismo para principiantes. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1997.

ARACIL, Alfredo; RODRÍGUEZ, Delfín - El siglo XX. Entre la muerte del arte y el arte moderno. Madrid: Ediciones ISTMO, 1998.

ARCHER, Michael, Arte contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

BERNARD, Edina, A arte moderna (1905-1945). Lisboa: Edições 70, 2000.

BRETON, André, Manifiestos del surrealismo. Madrid: Visor Libros, 2002.

BÜRGER, Peter, Teoria da vanguarda. Lisboa: Vega, 1993.

CALINESCU, Matei, As 5 faces da modernidade: modernismo, vanguarda, decadência, kitsch, pós-modernismo. 2.ª ed. Lisboa: Vega, 2000.

CHALUMEAU, Jean-Luc, As teorias da arte: filosofia, crítica e história da arte de Platão aos nossos dias. Lisboa: Instituto Piaget, 1997.

CHIPP, Herschel B., Teorias da arte moderna. 2.ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

DACHY, Marc, Dada: the revolt of art. London: Thames & Hudson, 2006.

DANTO, Arthur C., After the end of art: contemporary art and the pale of history. Princeton: Princeton University Press, 1997.

DENVIR, Bernard (ed.), The impressionists at the first hand. New York: Thames & Hudson, 1995.

DORFLES, Gillo, As oscilações do gosto: a arte de hoje entre a tecnocracia e o consumismo. 2.ª ed. Lisboa: Livros Horizonte, 2001.

DUBE, Wolf-Dieter, The expressionists. New York: Thames & Hudson, 2001.

FAULKNER, Peter, Modernism. London; New York: Methuen, 1985.

FERRARI, Silvia, Guia de história da arte contemporânea. Pintura, escultura, arquitectura: os grandes movimentos. Lisboa: Editorial Presença, 2001.

FERRIER, Jean-Louis (dir), Art of the20th century. A year-by-year chronicle of painting, architecture, and sculpture. Paris: Éditions du Chêne, 2002.

FIGUEIRA, Jorge, Reescrever o pós-moderno. Porto: Dafne Editora, 2011.

FOSTER, Hal; KRAUSS, Rosalind; BOIS, Yve-Alain; BUCHLOH, Benjamin – Art since 1900: modernism, antimodernism, postmodernism. New York: Thames & Hudson, 2004.

GHIRARDO, Diane, Architecture after modernism. London: Thames & Hudson, 1996.

GOLDBERG, RoseLee, Performance art: from futurism to the present. London: Thames & Hudson, 2001.

GREENBERG, Clement, Arte y cultura: ensayos críticos. Barcelona: Paidós, 2002.

GULLAR, Ferreira, Argumentação contra a morte da arte. Rio de Janeiro: Editora Revan, 1993.

HAUSER, Arnold, Teorias da arte. 2.ª ed. Lisboa: Editorial Presença, 1988.

HESS, Walter, Documentos para a compreensão da pintura moderna. Lisboa: Livros do Brasil, 2001.

JANSON, H. W., História da arte. 5.ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1992.

JENCKS, Charles, Post-modernism: the new classicism in art and architecture. London: Academy Editions, 1987.

The language of post-modern architecture. 5th ed. London: Academy Editions, 1987.

KANDINSKY, Wassily, Do espiritual na arte. 6.ª ed. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2003.

KRAUSS, Rosalind – L’originalité de l’avant-garde et autres mythes modernistes. Éditions Macula, 1993.

LIPPARD, Lucy R., Pop art. New York; Washington: Frederick A. Praeger Publishers, 1966.

LUCIE-SMITH, Edward, Movements in art since 1945. 3rd ed. London: Thames & Hudson, 1987.

MARCHÁN-FIZ, Simón, Del arte objetual al arte de concepto: epílogo sobre la sensibilidad  “postmoderna”. 5.ª ed. Madrid: Edicones Akal, 1990.

MICHELI, Mário de, As vanguardas artísticas do século XX. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

NOGUEIRA, Isabel, Artes plásticas e crítica em Portugal nos anos 70 e 80: vanguarda e pós- modernismo. 2.ª ed. Coimbra: Imprensa da Universidade, 2015.

PERNIOLA, Mario, A estética do século XX. Lisboa: Editorial Estampa, 1998.

PIJOAN, José (dir.), História da arte. Lisboa: Publicações Alfa, 1972. Vols. 8-10.

PRADEL, Jean-Louis, A arte contemporânea. Lisboa: Edições 70, 2001.

READ, Herbert, A filosofia da arte moderna. Lisboa: Editora Ulisseia, 1973.

RICHTER, Hans, Dada: art and anti-art. New York: Thames & Hudson, 2004.

ROSENBERG, Harold, The tradition of the new. Chicago/London: The Universuty of Chicago Press, 1982.

ROUGE, Isabelle de Maison, A arte contemporânea. Mem Martins: Editorial Inquérito, 2003.

SELZ, Peter, Beyond the mainstream: essays on modern and contemporary art. Cambridge: Cambridge University Press, 1997.

SMART, Barry, A pós-modernidade. Lisboa: Publicações Europa-América, 1993.

STANGOS, Nikos (ed.), Concepts of modern art: from fauvism to postmodernism. 2nd ed. London: Thames & Hudson, 2003.

VATTIMO, Gianni [et al.], En torno a la posmodernidad. Barcelona: Editorial Anthropos, 1991.

 

Dicionários de termos de arte e de estética

 

MORA, José Ferrater, Dicionário de filosofia. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1991.

OSBORNE, Harold (org.), Diccionario Oxford de arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

READ, Herbert; STANGOS, Nikos (org.), The Thames & Hudson dictionary of arts and artists. New York: Thames & Hudson, 1994.

SILVA, Jorge Henrique Pais da; CALADO, Margarida, Dicionário de termos de arte e arquitectura. Lisboa: Editorial Presença, 2005. 

 

NOTA: Programas de descontos não são acumuláveis