Cursos Teóricos

História da Arte Contemporânea Portuguesa – dos anos 60 à atualidade

2ª Feira
18h30 - 20h30
Docente
Doutora Isabel Nogueira
Local
SNBA

Destinatários

Público, de um modo geral, interessado nas artes visuais e na sua relação com a sociedade, a cultura e a história, e que pretenda tanto solidificar conhecimentos como contactar com algumas questões pela primeira vez.

Sobre o curso

OBJETIVOS

A identificação e compreensão dos movimentos e dos percursos artísticos singulares mais relevantes na arte em Portugal, desde os anos 60 à atualidade, mediante uma perspetiva histórica, estética, analítica e crítica.

O desenvolvimento da capacidade de observação, entendimento e fruição da obra de arte no complexo universo da contemporaneidade, nomeadamente, no contexto mais vasto de criação e receção artísticas.

CONTEÚDOS

  • Os anos 60 e a vontade de modernidade:
    • Panorama cultural e artístico, instituições, ensino artístico, publicações.
    • O “Grupo KWY” (1958-1968) e alguns percursos num individualismo criativo.
  • A Revolução de Abril de 1974, manifestações artísticas e eventos coletivos.
  • A vanguarda e a consolidação do experimentalismo da década de 70:
    • Os Quatro Vintes (1968-1972).
    • O Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (1958-)
    • O Grupo Acre (1974-1977).
    • O Grupo Puzzle (1976-1981).
    • Os Encontros Internacionais de Arte (1974-1977).
    • A exposição Alternativa Zero: Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea (1977).
    • Percursos individuais.
  • O movimento pós-moderno, reinvenção, ironia e “regresso à pintura”:
    • As exposições Depois do Modernismo (1983), Os Novos Primitivos: os Grandes Plásticos (1984), Atitudes Litorais (1984), Arquipélago (1985) e Continentes: V Exposição Homeostética (1986).
    • Percursos individuais.
  • A globalização e a expansão artística cosmopolita:
    • As exposições 10 Contemporâneos (1992) e Imagens para os Anos 90 (1993).
    • Percursos individuais.
  • A arte em Portugal na atualidade.

 

CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

Matrícula (liquidação no ato da matrícula) – 100,00€

1ª Propina até 03/10 – 110.00€

2ª Propina até 30/11 – 110.00€

3ª Propina até 31/01 – 110.00€

4ª Propina até 31/03 – 110.00€

 

DOCENTE

Isabel Nogueira (Vila Real, 1974). Doutorada em Belas-Artes/Ciências da Arte (Univ. de Lisboa, 2010) e pós-doutorada em História e Teoria da Arte Contemporânea e Teoria da Imagem (Univ. Paris 1 Panthéon-Sorbonne, 2016). É historiadora e crítica de arte contemporânea, professora e ensaísta. Professora na Sociedade Nacional de Belas-Artes, investigadora integrada do CIEBA/FBAUL. É editora da revista Arte e Cultura Visual (CIEBA). Livros recentes: L’image dans le cadre du désir : transitivité dans la peinture, la photographie et le cinema (L’Harmattan, 2018); Teorias da arte: do modernismo à actualidade (Book Builders, 2019; 2.ª ed. 2020); Como pode ‘isto’ ser arte? Breve ensaio sobre crítica de arte e juízo de gosto (Edições Húmus, 2020); História da arte em Portugal: do Marcelismo ao final do século XX (Book Builders, 2021); Crítica de arte ou o espaço entre a Obra e o Mundo (Edições Húmus, 2021); Histoire de l’art au Portugal (1968-2000) (L’Harmattan, 2022).

 

BIBLIOGRAFIA

 

Livro que acompanha as sessões:

NOGUEIRA, Isabel, História da arte em Portugal: do Marcelismo ao final do século XX. Lisboa: Book Builders, 2021.

 

Bibliografia complementar:

10 CONTEMPORÂNEOS. Porto: Fundação de Serralves, 1993. [Catálogo da exposição].

50 ANOS de Arte Portuguesa. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2007. [Catálogo da exposição].

6=0 HOMEOSTÉTICA. Porto: Fundação de Serralves, 2004. [Catálogo da exposição].

  1. VV., Caminhos da arte portuguesa. Lisboa: Editorial Caminho, 2005-2007 [40 vols. Dir. Bernardo Pinto de Almeida].

ALMEIDA, Bernardo Pinto de, Arte portuguesa no século XX: uma história crítica. Matosinhos: Cardume Editora, 2016.

ALTERNATIVA Zero: Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea. Lisboa: Secretaria de Estado da Cultura, 1977. [Catálogo da exposição].

ANDRADE, Eugénio; PERNES, Fernando; FRANÇA, José-Augusto, Os Quatro Vintes: Ângelo de Sousa, Armando Alves, Jorge Pinheiro, José Rodrigues. Porto: Modos de Ler Editores e Livreiros, 2008.

ANOS 60, Anos de Rupturas: Uma Perspectiva da Arte Portuguesa nos Anos Sessenta. Lisboa: Sociedade Lisboa 94/Livros Horizonte, 1994. [Catálogo da exposição].

ANOS 70 – Atravessar Fronteiras. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2009. [Catálogo da exposição].

ANOS 80/The Eighties. Lisboa: Culturgest, 1998. [Catálogo da exposição].

ARQUIPÉLAGO. Lisboa: [Sociedade Nacional de Belas-Artes], 1985. [Catálogo da exposição].

ATITUDES Litorais. Lisboa: [Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa], 1984. [Catálogo da exposição].

CALDAS 77 – IV Encontros Internacionais de Arte em Portugal. Lisboa: Edições Ghost, 2019.

CONTINENTES: V Exposição Homeostética. Lisboa: [Sociedade Nacional de Belas-Artes], 1986. [Catálogo da exposição].

DEPOIS do Modernismo. Lisboa: [s.n.], 1983. [Catálogo da exposição].

FIGUEIRA, Jorge –  Reescrever o pós-moderno. Porto: Dafne Editora, 2011.

FRANÇA, José-Augusto, A arte e a sociedade portuguesa no século XX: 1910-2000. 4.ª ed. Lisboa: Livros Horizonte, 2000.

GIL, José, «Sem título». Escritos sobre arte e artistas. Lisboa: Relógio D’Água, 2005.

GONÇALVES, Rui Mário, 10 anos de artes plásticas e arquitectura em Portugal: 1974-1984. Lisboa: Editorial Caminho, 1985.

– A arte portuguesa do século XX. Lisboa: Temas e Debates, 1998.

– História da arte em Portugal: de 1945 à actualidade. Lisboa: Publicações Alfa, 1988. Vol. 13.

– Vontade de mudança: cinco décadas de artes plásticas. Lisboa: Editorial Caminho, 2004.

GUARDA, Dinis; FIGUEIREDO, Nuno (ed.), Videoarte e filme de arte & ensaio em Portugal. Lisboa: Número – Arte e Cultura, 2008.

KWY, Paris 1958-1968. Lisboa: Centro Cultural de Belém/Assírio & Alvim, 2001. [Catálogo da exposição].

LEANDRO, Sandra (coord.), Artistas plásticas em Portugal. Lisboa: Mnufactura, 2020.

MACEDO, Rita Andreia Silva Pinto de, Artes plásticas em Portugal no período marcelista (1968-1974) [texto policopiado]. Lisboa: [s.n.], 1998. Tese de Mestrado em História da Arte Contemporânea apresentada à Universidade Nova de Lisboa.

MELO, Alexandre, Arte e artistas em Portugal/Art and artists in Portugal. Lisboa: Instituto Camões/Bertrand Editora, 2007.

MELO, Alexandre; PINHARANDA, João, Arte contemporânea portuguesa/Portuguese contemporary art. Lisboa: Ed. dos Autores, 1986.

NOGUEIRA, Isabel, A performance como arte e Festa: democratização, eventos colectivos e espaço público. In PAIS, Ana (org.), Performance na esfera pública. Lisboa: Orfeu Negro, 2017, pp. 63-74.

OS NOVOS Primitivos: os Grandes Plásticos. Porto: Cooperativa Árvore, 1988. [Catálogo da exposição].

PEREIRA, Paulo (dir.), História da arte portuguesa: do barroco à contemporaneidade. Lisboa: Círculo de Leitores, 1995. Vol. 3.

PÉREZ, Miguel von Hafe (ed.), Propostas da arte portuguesa. Posição: 2007. Porto: Público/Fundação de Serralves, 2007.

PERNES, Fernando (coord.), Panorama arte portuguesa no século XX. Porto: Fundação de Serralves/Campo das Letras, 1999. 3 vols.

PERSPECTIVA: Alternativa Zero. Porto: Fundação de Serralves, 1997. [Catálogo da exposição].

PINHARANDA, João, A arte portuguesa no século XX. In PINTO, António Costa (coord.), Portugal contemporâneo. Madrid: Ediciones Sequitur, 2000, pp. 279-308.

– Alguns corpos: imagens da arte portuguesa entre 1950 e 1990. Lisboa: EDP – Electricidade de Portugal, 1998.

PORTO 60/70: os Artistas e a Cidade. Porto: Fundação de Serralves/Edições Asa, 2001. [Catálogo da exposição].

SABINO, Isabel, Grupo Acre Fez 1974-77. Arte e dinâmicas coletivas em Portugal. Lisboa: CIEBA/Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, 2021.

SANTOS, Mariana Pinto dos, Vanguarda & outras loas. Percurso teórico de Ernesto de Sousa. Lisboa: Assírio & Alvim, 2007.

SOUSA, Ernesto de, Ser moderno… em Portugal. Lisboa: Assírio & Alvim, 1998.

TAVARES, Cristina Azevedo, A Sociedade Nacional de Belas-Artes: um século de história e de arte. Vila Nova de Cerveira: Projecto, Núcleo de Desenvolvimento Cultural de Vila Nova de Cerveira/Fundação da Bienal de Vila Nova de Cerveira, 2006.

 

Dicionários de termos de arte e de estética

MORA, José Ferrater, Dicionário de filosofia. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1991.

OSBORNE, Harold (org.), Dicionário Oxford de arte. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

SILVA, Jorge Henrique Pais da; CALADO, Margarida, Dicionário de termos de arte e arquitectura. Lisboa: Editorial Presença, 2005.

Mais Cursos

Cursos Teóricos
5ª feira
18h30 - 20h30
Biblioteca das Imagens

João Francisco Vilhena

5ª Feira
18h30 - 20h30
Estética

Doutor José Carlos Pereira

4ª Feira
18h30 - 20h30
Cultura Visual e Teoria da Imagem

Doutora Isabel Nogueira

Faça a sua pré-inscrição.